5 dicas para organizar suas finanças

5 dicas para organizar suas finanças

Montar o próprio negócio é um objetivo compartilhado por incontáveis revendedoras, o sonho de ser sua própria chefe pode se tornar realidade e nem sempre é necessário um grande capital para dar o pontapé inicial.


Se você já é uma empreendedora no segmento de roupas no atacado entende perfeitamente o que é estar cada vez mais próximo dos objetivos traçados. Não há dúvidas que ser sua própria chefe traz muitos benefícios, porém, as vantagens e liberdades podem se tornar um pesadelo se não houver um bom planejamento e organização, principalmente na parte financeira.

Uma pesquisa sobre demografia empresarial realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em 2014 apontou que de cada dez empresas abertas, seis fecham antes de completarem cinco anos.

Ainda de acordo com a pesquisa, entre os maiores equívocos entre os empreendedores estão a ilusão de que a paixão pelo negócio é necessariamente positivo, empregar parentes e amigos, não compreender plenamente a posição que ocupa, falta de planejamento, ver o lucro da empresa como salário, falta de visão empresarial, etc.

É praticamente impossível alcançar sucesso sem ter ajuda, todo grande começa pequeno e tudo que possa agregar é sempre bem-vindo. Para empreendedores do mercado de roupas no atacado, separamos algumas dicas que podem ajudar você a gerenciar as contas e finanças de sua empresa para não cair na estatística das empresas fechadas.

1. Procurar orientação

Quem quer alcançar seus objetivos precisa de orientação profissional qualificada, se uma consultoria especializada ainda não estiver dentro do orçamento, o Sebrae é referência de qualidade para micro e pequenas empresas e oferecem serviços gratuitos para estimular o empreendedorismo no Brasil, não deixe de levar seu planejamento para os profissionais da Sebrae, eles otimizarão da melhor forma possível o seu negócio e investimentos.

Eles também tem algumas ferramentas gratuitas para gestão, mas para usá-las é preciso ter uma empresa, não deixe de se formalizar.

2. Separe as finanças pessoais de seu negócio

Esse é um princípio básico para manter-se no mundo dos negócios, o fluxo de caixa não pode ser um caixa eletrônico nem suas finanças pessoais um banco para liberar créditos para sua empresa.

Tenha contas, cartões e cheques exclusivos para sua empresa, se encontrar uma dificuldade e misturar o pessoal com o negócio em uma solução aparentemente fácil, pode complicar e muito suas finanças pessoais e profissionais.

 



3. Espelhe-se nos grandes

A diferença entre o grande e o pequeno está na proporção, um pequeno empreendedor deve agir como uma grande empresa em relação a inovação e investimento. Um orçamento pequeno não é desculpas para não poder evoluir ainda que a curtos passos.

Sobre as finanças, separe 25% do lucro de cada transação efetuada em uma poupança de sua empresa, isso ajudará a montar um fundo para pagamentos diversos, imprevistos, contratações entre outras inúmeras possibilidades.

Na hora de calcular sua margem de lucro, não esqueça de incluir todas as suas despesas, como luz, internet, basicamente, tudo o que foi gasto para fazer as vendas. Se precisou ir até a casa do cliente, não deixe de incluir transporte e alimentação. Por isso é importante registrar todos os seus gastos.

4. Controle absoluto

Registre todo centavo recebido, investido ou pago, existem muitas ferramentas gratuitas para seu controle financeiro, o próprio Sebrae possui um aplicativo muito simples onde é possível registrar pagamentos e recebimentos presentes e futuros, estatísticas, gráficos, notas ficais, etc.

Dê preferência em salvar seus dados em alguma plataforma de armazenamento online e faça cópias constantemente, além dos dados digitais, mantenha suas papeladas ordenadas em um lugar seguro e organizado, evite se desfazer de quaisquer documentos em um prazo de ao menos um ano, o ideal é mantê-los para conseguir fazer um balanço adequado de seu progresso.

5. Siga o plano

Após criar um planejamento e um consultor aperfeiçoá-lo, siga o plano a risca e seja paciente, um dos grandes males do século é o imediatismo, é comum empreendedores ficarem impacientes com seus resultados.

A impaciência costuma vir acompanhada de péssimas ideias para obter vantagens a curto prazo perdendo de vista o conjunto como um todo, além de dinheiro, o empreendedor impaciente perde tempo, energia e ainda pode perder seus clientes.

A demora é normal e natural no mundo dos negócios, principalmente para pequenos empreendedores, acredite em seu planejamento e em seus consultores, trabalhe e dê o melhor de si dentro daquilo que já foi planejado.

Seguindo estas dicas e passos simples, com certeza seu negócio de revendas de roupas no atacado prosperará. Se tiver dúvidas entre em contato através do whatsapp (11) 9-5258-6039 e te ajudaremos em todas as etapas para concluir seus sonhos.

  • Dec 01, 2017

Deixe seu Comentário

All blog comments are checked prior to publishing

Newsletter

Quer receber notícias das últimas tendências e novidades?

Categorias

Atacado blog oferta 1
Processing...

added to cart success.

added to wishlist success.

Você tem 0 cliques restantes.

Para ver todos os preços de atacado, cadastre-se e assine um plano de revenda Saiba mais