5 dicas de vendas para o ambiente online e aumentar o faturamento

5 dicas de vendas para o ambiente online e aumentar o faturamento

Muitas revendedoras acostumadas a vender roupas do atacado para o varejo no porta a porta e na informalidade podem se tornar empresárias de sucesso e montar sua loja física. Porém, este é apenas um dos passos para aumentar e consolidar as vendas. 

Uma loja física é ideal para sair da informalidade, ter um estoque e lugar para expor as peças e fidelizar o público, mas em tendência crescente, estar no ambiente online é quase que obrigatório. 

O faturamento das lojas e-commerce em 2016 fechou com lucro de R$ 44 bilhões e a categoria que mais vende é a de roupas e acessórios, segundo relatório do Webshoppers. 

Porém, estar apenas presente não é o suficiente, cada vez mais concorrido, em pesquisa pelo Google as vendas pela internet devem dobrar até 2021. Por isso, reunimos algumas dicas essenciais para quem deseja vender mais ou montar uma loja online. 

1. Faça um planejamento 

Muitas revedendoras e lojistas de roupas do atacado que ainda não estão habituados ao mercado online cometem uma série de más decisões que afetam o faturamento de suas vendas. Um dos erros é não fazer um planejamento adequado. 

Se o objetivo é vender roupas deve-se fazer uma pesquisa de mercado minuciosa, saber o que está em alta e separar um orçamento para investir em plataformas. Se você já estava acostumada a vender no porta a porta, aproveite para colher as informações direto com seu público para fazer seu planejamento. 

É preciso elaborar um plano de vendas, com metas, orçamentos, taxas de ganho, quais meses são mais propícios para vendas, quanto do orçamento separará para descontos e promoções, como fidelizar seus clientes e como conquistar novos. 

Segundo pesquisa do Sebrae, 71% dos empreendedores online “fecham as portas” antes de concluir um ano de mercado por falta de planejamento. 

2. Conheça o público-alvo 

Conhecer o público-alvo é muito importante em qualquer negócio, um dos maiores erros é escolher seus produtos de forma aleatória e assumir que todos gostarão e a venda será certeira. Dessa forma, a chance de ter produtos encalhados será maior, na hora de comprar suas roupas no atacado pense nisso. 

É importante traçar um perfil de suas possíveis consumidoras e isso inclui informações sobre faixa etária, formação, gostos, preferências, etc. Para traçar o perfil do seu público-alvo a dica é falar com que já compra de você e criar uma persona para atrair mais consumidoras. Pense em vender apenas para um nicho e se especialize nele. 

 3. Invista no Whatsapp 

O aplicativo de conversas é um ótimo meio para conversar com as clientes, efetuar vendas e criar um relacionamento. É possível montar grupos e sempre que tiver novidades enviar pelo whatsapp. De olho nesse potencial de negócios e uso pelas empresas para gerar vendas, a plataforma inclusive planeja lançar o whatsapp business em breve. 

4. Invista nas redes sociais 

Manter a linha de comunicação entre você e seu público é muito importante, hoje em dia, as redes sociais transformaram a forma de interação entre as pessoas com as empresas, estar em contato com elas só traz benefícios. 

Não tenha medo nem censure os comentários negativos, claro, é importante filtrar os tipos de críticas, porém, com uma boa relação com o público, elas servirão de termômetro para melhorias nos produtos ou serviços prestados. 

Apesar de sempre existirem pessoas má intencionadas, geralmente, são em menor número, uma relação respeitosa, transparente e harmoniosa com as pessoas afastarão essa minoria. 

As redes sociais são uma ferramenta muito importante para manter-se atualizado sobre os gostos e preferências do seu público também. A maioria dos usuários da internet utilizam e passam boa parte de seu tempo nas redes sociais, a interação entre produtores e consumidores aumentou significativamente nos últimos anos, portanto utilize a ferramente a seu favor para impulsionar as vendas e criar um vínculo com seus clientes. 

As redes sociais também podem ser grandes aliadas na hora de oferecer seus produtos, muita gente começa apenas vendendo no Instagram e com os lucros abrem lojas ou investem em sites mais elaborados. 

A empresária Daniela Baratella, 23 anos, em entrevista para a Folha de São Paulo é um bom exemplo. Ela começou vendendo acessórios apenas pelo Instagram e hoje realiza cerca de 500 vendas mensais e fará a transição para um site e-commerce. 

5. Estude marketing digital 

O marketing digital é fundamental para quem pretende abrir uma loja online ou já vende nas redes sociais. Estude e siga as boas práticas na hora de cadastrar seus produtos, na hora de escolher sua plataforma, criar conteúdo relevante para o público através de blog e buscar bom posicionamento nos buscadores. Cogite buscar ajuda de profissionais através de consultorias e cursos também. 

Quem está começando agora não deve ter medo de arriscar, desconsidere opiniões negativas alheias, faça seu planejamento, invista um orçamento para investir em cursos, estude plataformas, esteja presente nas redes sociais, faça pesquisas e converse com seu público-alvo. Dessa forma, as chances de ter sucesso com roupas do atacado serão muito maiores. 

Deixe seu Comentário

All blog comments are checked prior to publishing

Newsletter

Quer receber notícias das últimas tendências e novidades?

Categorias

Atacado blog oferta 1
Processing...

added to cart success.

added to wishlist success.

Você tem 0 cliques restantes.

Para ver todos os preços de atacado, cadastre-se e assine um plano de revenda Saiba mais