Moda fitness está em alta para revendas

Moda fitness está em alta para revendas

Quando se trata de preocupação com o corpo e a estética, o Brasil mostra ser uma grande potência. O mercado da moda fitness nacional está em crescimento, a busca dos brasileiros por academias e roupas para praticar esportes e malhar só tende a aumentar, excelente notícia para as revendedoras de roupas no atacado.

Os dados da ABRIESP (Associação Brasileira da Indústria do Esporte) estimam que, atualmente, no país existam mais de 7 mil lojas especializadas e mais 14 com alguma oferta de produtos esportivos. Ainda de acordo com os dados da ABRIESP, o faturamento do segmento atingiu a marca dos 4,73 bilhões de reais em 2016, com a alta, o Brasil é o segundo maior mercado fitness do mundo atrás apenas dos EUA.

O público-alvo do mercado fitness busca por produtos com tecnologias que facilitem o estilo de vida, roupas de compressão que evitam o desperdício de energia, peças que não restrinjam movimentos e nem retenham suor são as mais procuradas pelos consumidores. Tecnologias à parte, as revedendoras de roupas atacado devem estar atentas à moda e às tendências.

Tendências 2018 moda fitness

A tendência para 2018 buscará um apelo mais fashion, mas preservando os aspectos da moda dos anos anteriores, como tons monocromáticos, regatas extra cavadas, tops, leggings, macacões, etc. As peças em alta serão o short-saia, legging jeans, bodies e as estampas geométricas.

Calça Legging Fake Jeans (R$ 42,90)

Há uma aposta em peças com tecidos que imitem o veludo destinadas a pessoas que vão a academia ou praticam esportes bem cedo para que elas se aqueçam durante o trajeto. Assim como batinhas de academia e tops com boa sustentação para mulheres com seios grandes.

 

Top Strappy (R$ 21,90) 

Apesar do crescimento no ramo, a concorrência é grande principalmente no ambiente online. Para as revedendoras que possuem e-commerce, o marketing digital, planejamento e investimento em anúncios na internet e em redes sociais é fundamental. Para as revedendoras que não possuem uma loja online, existem plataformas que podem conectar o seu produto com seus consumidores.

Para quem está começando a investir no segmento fitness, o ideal é começar com o mínimo de 12 a 50 peças mescladas. A quantidade assegurará um valor satisfatório para o lote e atraente para as revendedoras. Apesar de não ser um mercado de grife, os clientes são exigentes quanto à qualidade do produto, por isso, mantenha sempre um alto padrão acompanhando as tendências da moda.

De acordo com a ACAD (Associação Brasileira de Academias), são mais de 30 mil academias espalhadas pelo país com cerca de 8 milhões de alunos, isso sem considerar os praticantes de esportes, lutas e atividades físicas que não frequentam academias ou parceiras da ACAD. Para alcançar o nicho, é importante estar em evidência e conversar com o público-alvo pelas redes sociais.

As pessoas precisam conhecer sua marca antes de investir dinheiro em anúncios, é preciso estabelecer uma relação de confiança, interagir com o público, ser carismática e participar de eventos e feiras realizados dentro e fora da internet.

Atualmente, não existem mais empresas intocáveis, todo mundo pode ser alcançado com um click, elas podem ser erguidas e derrubadas com a mesma facilidade, então, a inovação, criatividade e um pouco de investimento também são ideais.

O mercado de roupas fitness é promissor para os próximos anos, até 2021, a movimentação deve chegar aos R$ 85 bilhões de reais, é um ótimo momento para quem pretende investir nesse mercado.

Deixe seu Comentário

All blog comments are checked prior to publishing

Newsletter

Quer receber notícias das últimas tendências e novidades?

Categorias

Atacado blog oferta 1
Processing...

added to cart success.

added to wishlist success.

Você tem 0 cliques restantes.

Para ver todos os preços de atacado, cadastre-se e assine um plano de revenda Saiba mais